#01 – Traveling around Brazil | Uncle Brazil Podcast

Audio transcription:

Fala, pessoal! Tudo bem?

Bem-vindos ao Uncle Brazil Podcast. Aqui é o melhor lugar para praticar português e para conhecer um pouco mais sobre esse mundo chamado Brasil.

O link para a transcrição desta entrevista está aqui na descrição do episódio.

E pessoal, hoje eu tô muito feliz porque eu estou começando esse projeto e eu recebo um cara que eu admiro muito. O nome dele é Andrey e ele é criador do

Projeto “Brazilian Buddy” muito bem-vindo, Andrey.

Tudo bem com você?

– E aí pessoal. Tudo bem? Como o Uncle disse meu nome é Andrey e eu sou criador do projeto Brazilian Buddy. Primeiramente estou muito feliz, obrigado pelo pelo convite. É o primeiro episódio e eu sou o primeiro convidado.Então

eu tô muito feliz mesmo pelo projeto. Parabéns pela coragem de proporcionar essas informações para os gringos né sobre o Brasil e é um prazer. Vamos aí. Tô muito contente e empolgado.

The complete content is available only to members.

Become a member for U$4/month and have access to all the content in my blog and other benefits 🙂


Become a member Already a member? Log in

– Muito legal, cara. Eu que te agradeço na verdade. Primeiro por aceitar o convite. Muito legal mesmo. Eu gosto muito do seu trabalho, tá. E também agradecer porque a gente trocou várias ideias antes, né? E você me deu algumas dicas sobre como fazer o podcast, me ajudou com várias questões técnicas. Então, te agradeço mesmo tá cara. De coração.

Então, Andrey, eu queria começar esse podcast com você explicando sobre o seu projeto. O que é o Brazilian Buddy?

– Beleza! O Brazilian Buddy começou em 2020 na época de pandemia e eu tenho uma amiga Alemã, ela queria vir para o Brasil e ela queria visitar o Rio e São Paulo que são os dois lugares mais famosos que temos no Brasil, né? E e aí eu pensei: por que não ter uma plataforma, um espaço na internet para poder falar sobre o Brasil?

Eu pesquisei e não encontrei ninguém e aí eu pensei: vou fazer eu mesmo. criei o projeto hoje eu falo sobre viagens sobre a língua portuguesa, tenho um canal no YouTube e são quase dois anos fazendo. E me divirto muito, gosto bastante.

– Muito legal. Então o seu projeto divulga o Brasil para os estrangeiros. Então aqui a gente cai no assunto muito interessante: você é um cara que já

visitou quase todos os estados do Brasil, correto? Faltam quantos, pelo que você tava me falando?

– Falta um estado. O de Roraima.

– Mas fala para mim, cara. Como que foi essa experiência, de onde que

surgiu essa paixão? Como que você… “quero conhecer todos os estados do Brasil”. Como começou essa paixão?

– Legal. Obrigado pela pergunta. é bem pessoal. Eu trabalho por uma companhia aérea, eu sou mecânico de avião aqui no Brasil e a

minha primeira viagem de avião sozinho na minha vida foi em 2018. Eu acho que foi em junho ou julho de 2018. Eu Fui para Foz do Iguaçu, que fica lá

no estado do Paraná, no sul do Brasil. E eu tava lá nas Cataratas, vendo as

Cataratas um arco-íris e tudo mais e eu me emocionei ali. Achei muito bonita aquela situação e eu pensei o seguinte: o Brasil… você sabe né, o Brasil, o brasileiro no geral não conhece muito o próprio país então a gente sempre acaba viajando para Paris para Londres sempre para Europa ou Estados Unidos e eu pensei eu não conheço ninguém que conhece todos os

estados do Brasil. Então eu vou fazer isso eu decidir e eu queria visitar

todos até para ajudar no meu projeto, para falar sobre lugares para conhecer

no Brasil e foi isso. E aí, cá estamos. 2022 um estado faltando.

-Então em quatro anos você conseguiu fazer tipo quase

todos os estados do Brasil. Muito legal!!! De todos esses estados

que você conheceu qual foi o que você achou mais legal? Assim, que você mais

gostou de ver nessa sua jornada?

– É uma pergunta muito difícil porque depende de cada situação então por

exemplo eu gosto muito das praias do Nordeste e eu acho que especialmente Maragogi que é uma cidade que fica em Alagoas, estado de Alagoas tem as águas mais bonitas que eu já vi na minha vida. Assim, é muito muito muito bonito. Eu acho que vale a pena passar lá. Eu vou deixar esse como mais legal.

Maragogi, no estado de Alagoas.

– Você acredita que foi assim a melhor experiência que você teve? Praias

do Nordeste?

– Assim a melhor não. Eu acho que não. A mais bonita, sim. Mais bonita

Sim. A melhor que eu tive na minha opinião foi em Manaus já no Norte e foi algo mais diferente que eu já vivenciei. Eu sou do litoral de São Paulo

né então a gente tem muito contato com água, com areia, com Surf. E lá, como fica dentro da Floresta Amazônica, é tem uma cultura que todas as

pessoas vivem em torno do Rio Amazonas. Então as pessoas pescam, as pessoas é… tem restaurantes… existe um bairro flutuante no meio do rio! Eu acho isso muito interessante. Eu não lembro o nome do bairro agora… e tem igreja, tem escola, tem casa flutuante. Então assim e botos.. botos cor-de-rosa. Muito da vida selvagem, né… macaco, jacaré, piranha. Deve ter lá. Macaquinhos…  foi bem, bem interessante assim para mim. E foi um Choque Cultural dentro do meu próprio país!

– Legal, Legal. Completamente diferente porque as nossas Culturas.. é.. Rio de Janeiro.. você é do Guarujá, né? Que você tava me falando. Rio de Janeiro, Guarujá são culturas muito parecidas, né? Somos muito parecidos, né?

Então você acredita que de todos os lugares que você conheceu no Brasil a

cultura mais diferente da nossa foi a cultura de Manaus? Eh entendi, eu entendi, né.. eles vivem de uma forma completamente diferente da gente né tudo ligado ao rio. Com relação à alimentação com relação a outros aspectos culturais você percebeu muitas diferenças também?

– Percebi. Em questão de comida como você falou existem alguns pratos típicos de lá que são totalmente diferentes daqui de São Paulo então por exemplo você gringo que tá ouvindo a gente pesquisa sobre Tacacá e o Pirarucu. São peixes peixe típicos da Amazônia. Que é muito muito bom e infelizmente a gente não tem… aqui no Rio ou em São Paulo que é um peixe de

água doce então não é muito comum termos em outra região do Brasil. E lá tem uma forte cultura indígena também então talvez as roupas são.. talvez diferentes feito de um material diferente. O que eu posso dizer mais?

Algumas falas algumas expressões ou frases do português também é puxa um

pouco porque lá é… algumas regiões falam Tupi, que é uma língua muito antiga, uma língua indígena inclusive do Brasil. E algumas pessoas, pode ser que você encontre falando indígena. Então isso é bem diferente e para gente do Brasil já um choque. Então, assim, imagina pra uma pessoa de fora, né?

– E como foi a sua recepção lá? O pessoal é amigável. O pessoal recebe bem? Porque o Rio de Janeiro Pelo menos tem essa característica, né? Tem essa fama do pessoal ser acolhedor, ajudar. Então o pessoal gosta de vir para cá por causa disso também, né? Como que você se sentiu lá? O que que você achou da sua recepção lá? Foi legal, Foi bacana?

– Têm muitos gringos lá. Isso é fato. Por exemplo fiz um tour lá e tinham quatro chinesas. Um casal de francêses e uma portuguesa. Então, assim, eu tava rodeado de Gringo. E o guia foi uma pessoa maravilhosa Sabia falar inglês sabia falar português, um pouquinho de francês também e e o povo assim é bem legal é muito acolhedor muito humilde também.

Qualquer dúvida que você tivesse eles eles te ajudavam. Se você não tivesse visto alguma coisa eles: “não, mas vem cá eu vou te mostrar, assim que funciona”. E assim: é muito legal. O norte do Brasil apesar de não ser muito

conhecido até para os próprios brasileiros vale muito a pena conhecer

também.

– Legal. Então, conclusão: é acolhedor também, é um lugar acolhedor. O povo

brasileiro e é muito acolhedor. Você tocou no assunto muito interessante que

eu queria perguntar para você. Eu trabalhei muito tempo com turismo, né? E

eu percebi que Rio de Janeiro, Salvador e Foz do Iguaçu são os lugares mais

visitados pelos turistas. Só que o Brasil é imenso e tem diversos outros lugares

para conhecer. E você me disse que em Manaus você acabou conhecendo também muitos estrangeiros passeando, né? Onde mais você viu turistas

estrangeiros pelo Brasil? Assim que  você não imaginaria… “caramba, turista

estrangeiro aqui! Que legal! Onde você poderia dizer?

– Existe um estado chamado Mato Grosso do Sul aqui no Brasil que fica

mais ao centro. E lá existe uma cidade chamada “Bonito”. “Bonito”. E lá tinha muito alemão. É uma região que tem muita Cachoeira, tem muitas trilhas muita

natureza. É imensa… é um pouco diferente do que a gente vê ao norte que é mais floresta amazônica. Lá a gente tem uma região chamada “Pantanal” é uma região… difícil de explicar isso… mas é uma região.. é… as gramas a natureza um pouco diferente.. é mais simples, vamos dizer assim. E la tinha

gringo. Então eu fiquei muito surpreso! Outra região também era Jericoacoara. É bem difícil pronunciar se você tá aprendendo português.. Jericoacoara.

– É o trava-línguas: Jericoacoara, Jericoacoara.

– na verdade é “Jijoca de Jericoacoara”.

– E o que o pessoal vai encontrar lá em Jericoacoara?

– Então, Jericoacoara já uma região com praias, é uma região também para quem gosta de fazer.. como é que é o nome.. kitesurf! Kite Surf! Porque tem muito vento é uma região litorânea então tem muita praia, tem muitas festas

tem uma cultura já diferente de tudo que eu falei do Norte, do Mato Grosso do Sul. Já é mais Caiçara. Caiçara são aquelas pessoas que moram na praia então a culinária também é muito peixe, muito caranguejo, Lula, polvo… e enfim outra região… posso falar outra região? Tem outra região também que se chama Pipa. Fica no Norte… no Nordeste, desculpa! No Rio Grande do Norte e tem muitos franceses que eu vi lá surfando. Então eu achei bem interessante. Inclusive algumas placas em português, inglês e francês! Achei bem interessante.

– Legal, cara. Andrei, vamos supor que você encontrou um estrangeiro que quer

conhecer o Brasil, certo? Então a gente já sabe que Rio de Janeiro, Salvador e Foz do Iguaçu são mais visitados, né? Só que eles estrangeiro vai ficar um

pouquinho mais aqui no Brasil e quer conhecer coisas diferentes. Fala para mim 3 lugares que você aconselharia para esse gringo visitar.

– Diferentes?

– É! Uma coisa bem louca, assim. Alguma coisa bem diferente. Que vai

agregar muito assim na experiência dele.

– Certo! Bonito como eu falei. Manaus é conhecido mas eu acho que

muitos gringos não conhecem e o outro ….bem diferente assim…Piranhas!

– Sério? O que ele vai encontrar lá?

– Lá tem um rio chamado São Francisco e aquela região é interessante porque o clima árido então tem muita Seca.. oo nordeste do Brasil tem muita seca e aquela região você vai encontrar uma culinária diferente, uma culinária com bode, por exemplo, o povo fala muito diferente lá também tem um sotaque muito forte. Ah! E você tem uns tours nesses rios e Engraçado que nessa região existiu os dois maiores criminosos que o Brasil já criou: o casal famoso, né, que é o Lampião e a Maria Bonita. E você consegue fazer um tour nessa região conhecendo mais ou menos onde eles se escondiam. Então você acaba aprendendo uma curiosidade do Brasil, né, esses dois personagens são bem

Famosos na nossa cultura.

– Legal. Turismo de experiência, né?! Andrey, última pergunta que eu faço para você é a seguinte: você conhece o Rio de Janeiro, né? E o Rio de Janeiro é uma cidade cara. Hospedagem aqui eu entendo que seja cara, alimentação também.

Comparando com o Rio de Janeiro… esses lugares que você citou são mais caros são mais acessíveis? O que você diria?

– “Bonito” é caro. Eu diria que é o mesmo.. é um valor próximo do Rio de Janeiro. Porque é um lugar muito turístico. Então tudo você paga. Tudo que você vai fazer você paga. Visitar uma cachoeira, fazer flutuação, trilhas… é tudo pago porque esse geralmente são locais que que possuem donos ou é uma fazenda de alguém. Manaus é um preço mais acessível. Claro que se você quiser ficar cinco dias dentro da floresta amazônica você pode fazer é um pouquinho mais caro mas é uma experiência que eu acredito que vale muito a pena. É.. que mais… Jericoacoara é acessível também não chega ser muito caro… até para o próprio brasileiro… pode visitar também, eu diria.

– Muito legal. Andrei, eu acho que você deu dicas valiosas para todo mundo que quer visitar o Brasil, entendeu? Eu tenho certeza que o estrangeiro que agora nesse momento tá planejando a viagem ele vai levar em consideração todas as coisas que você falou. Cara, eu achei muito legal. Muito legal mesmo! Parabéns pela sua experiência, tá? Eu admiro muito assim o que você conquistou para você como pessoa, conhecer tantos lugares assim diferente… eu tenho certeza que agrega muito para você pessoalmente e profissionalmente. Então, cara, muito obrigado por ter agregado tanto aqui no meu podcast, tá bom? Te agradeço de coração! Deixa aqui para o pessoal, cara, as suas mídias, tá bom? Pessoal, Brazilian Buddy faz um trabalho muito legal. Ele agora vai falar para vocês aqui as mídias dele.

– É isso, pessoal. Obrigado. Uncle, obrigado pela oportunidade de falar um

pouco sobre esse país que é gigante, tem muita coisa, podia ficar duas horas

falando com você… tem tantos outros lugares que eu não mencionei… Lençóis Maranhenses, Monte Roraima, etc. Tem muitos. As minhas redes sociais é Brazilian Buddy. No Instagram, Brazilianbuddy_ pois a gente fala underline em português. No YouTube você me acha… Brazilian Buddy…. no Tik Tok, não

sei como você pronuncia..

– Aqui é português do Brasil então a gente fala “Tiqui Toque”, “Iu Tube”, “Instagram”.

– Isso aí. Muito legal. Pessoal, sigam o Brazilian Buddy porque vale a pena.

– Então, pessoal. É isso. Esse foi o episódio de hoje, espero que vocês tenham gostado e não se esqueçam de compartilhar esse episódio com alguém que esteja estudando português ou com alguém que também seja apaixonado pela cultura brasileira. Até a próxima, pessoal. Um abraço

Support my work – Apoie o meu trabalho

https://www.patreon.com/unclebrazil

Leave a Comment

Become a member and have access to all the content in my blog and other benefits

Become a memberAlready a member? Log in.
Back to Top Back to Bottom