Tour Guide from Salvador Brazil | Uncle Brazil Podcast #08

Audio transcript

Fala pessoal tudo bem bem-vindos ao Uncle Brazil Podcast aqui é

o melhor lugar para praticar português e para conhecer um pouco mais sobre esse mundo chamado Brasil. O link para transcrição dessa entrevista está aquina descrição do episódio pessoal hoje eu vou conversar com a Sayuri. A Sayuri é de Salvador e ela é guia de turismo hoje ela vai contar um pouco da história dela e também vai dar várias dicas para gente.

– Sayuri seja bem-vinda conta um pouquinho da sua história por favor

– Boa noite a todos é um prazer estar aqui com vocês compartilhando um pouquinho da minha cidade São Salvador da Bahia de Todos os Santos e também um pouquinho do Brasil. Eu Nasci Aqui em Salvador como formação eu sou advogada sou também professora fiz letras e há 10 anos eu trabalho como guia de turismo e especializada especialmente em cultura e Afro turismo né Então Eu ofereço experiências gastronômicas antropológicas dentro da cidade de Salvador para as pessoas que querem visualizar uma Salvador Negra uma Salvador né que é uma Salvador que é o berço da cultura afro-brasileira que a gente tem no Brasil

– legal você disse então que você é advogada e você também se formou em letras e hoje em dia você trabalha com turismo você é guia de turismo em Salvador como que foi essa mudança de onde surgiu esse interesse esse desejo por trabalhar como guia de turismo

The complete content is available only to members.

Become a member for U$4/month and have access to all the content in my blog and other benefits 🙂


Become a member Already a member? Log in

– bem na verdade eu sempre tive interesse em ter uma Guest House tem uma pousada pequenininha Mesmo trabalhando como advogada sempre foi o meu sonho juntar dinheiro e um dia na minha aposentadoria ao invés de me aposentar eu teria uma uma casa que eu receberia As pessoas sempre foi algo muito forte na minha cabeça quando eu sair do meu último emprego como advogada eu tinha já decidido que eu ia passar um ano viajando eu passei um ano na Europa viajando morei na Espanha morei na Inglaterra Visitei alguns países quando eu voltei para o Brasil acontecer algumas coisas e também questões pessoais e me fizeram de que já que eu estou há um ano sem trabalhar vou ficar dois voltei para Bahia morei em Morro de São Paulo que é uma ilha que é a chamada Ibiza do Brasil inclusive agora no final do ano acontece o maior festival é de música eletrônica chamada universo paralelo tá começando agora na virada do ano a cada dois anos é mais ou menos nessa área e fui ficando fui ficando fui ficando tentei voltar para Salvador em 2009 as ofertas de trabalho dentro do campo de direito não eram interessantes eu já tinha feito dois anos de letras em São Paulo Depois de formada na USP fiz de novo vestibular entrei em letras na UFBA E aí eu fiquei em paralelo trabalhando com turismo fui coordenadora do comida de boteco que é o maior concurso gastronômico do Brasil que elege a melhor comida de boteco que a gente tem são aqueles bares mais familiares populares com comida de raiz que a gente fala que é culinária de raiz aquela culinária que não é uma culinária gourmetizada né são realmente as culinárias do país inteiro e a vida me levou para trabalhar com turismo né exclusivamente com turismo trabalhando um pouquinho com paralegal mas ainda 2014 que foi época da Copa que a época que realmente explodiu de trabalho principalmente porque além de português eu falo inglês e falo espanhol eu decidi realmente só trabalhar com turismo montei a minha empresa que chama Laika Sotero que é especializada em experiências locais dentro da cidade de Salvador e a vida depois me levou a ficar concentrada no afaturismo através de uma pessoa o nome deles é Carlos é um guia já falecido, mas ele praticamente me introduziu ao afro turismo e hoje eu posso dizer que 70% dos meus tours são ligados ao afro turismo eu faço pedagógico eu faço terceira idade né faço inclusive tours para escolas de línguas que às vezes me contratam para fazer tours com os alunos Mas eu posso dizer que 70% são roteiros ligados a história negra do Brasil

– interessante a sua história e como que esses turistas chegam até você?

– Sabe aquela coisa de quem trabalha bem é recompensado né assim da mesma maneira que vocês estão estudando português se você quiser aprender português domina acho que vai dar um pouquinho de trabalho mas se você se esforçar né e estudar realmente o português ele vai vir para sua cabeça a mesma coisa eu acho que a qualidade do meu trabalho faz com que eu receba muitas indicações Eu participo de algumas plataformas de turismo né alguns marketplaces que obviamente vendem o meu trabalho mas eu posso dizer que mais 50% do meu trabalho hoje é através de indicação vem através de roteiros de Walking Tours né eu faço walking tours existem walking tours aqui em Salvador duas vezes por semana uma vez por semana eu faço esse walking tour aqui que é o que eu mais gosto de fazer é o roteiro que eu mais gosto de fazer na cidade é o roteiro caminhando realmente pelas ruas do Centro Histórico que é Patrimônio da Humanidade da primeira capital do Brasil

– que legal quem visita mais Salvador estrangeiros ou brasileiros O que você acha?

– eu diria que em Salvador tem uma grande potência para ser Talvez uma das cidades mais visitadas por o estrangeiros no país mas hoje a maioria dos visitantes é brasileiro Salvador tem uma deficiência de aeroportos né Nós só temos hoje dois voos diretos do exterior que é a TAP e a Air Europa Até onde eu sei somente então esses dois voos E aí dificulta bastante né a chegada de um estrangeiro os voos dentro do Brasil eles se tornaram muito caros então eu recebo várias mensagens de pessoas que querem vir para Salvador mas não conseguem achar passagem é muito cara se a gente tivesse uma malha né Ferroviária ou seja se a gente tivessem ferrovias dentro do Brasil em um sistema de transporte mais desenvolvido melhor eu acho que facilitaria muito na verdade o Brasil é um continente. Se você planeja vir pro Brasil e ficar 1 semana você não vai conhecer o Brasil. Você vai conhecer 2 cidades. 3 cidades. Pra você realmente o Brasil de norte a sul leste, oeste, eu diria que você precisa no mínimo 2, 3 semanas. A maioria das pessoas acabam vindo por 4, 5 dias, 1 semana aí eles fazem aquele clássico brasileiro Amazonas, Rio de Janeiro, ou só Foz ou somente Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu. Essa é a rota mais conhecida pelos estrangeiros. Hoje eu fiz um walking tour com 10 pessoas.. eram estrangeiras.  

– Legal. Eu espero que essa entrevista, eu espero que esse podcast ajude a mudar um pouquinho esse cenário porque as pessoas que estão ouvindo eu espero que elas se interessem e que venham aqui pra Salvador também que é uma cidade maravilhosa. Eu tô aqui há 1 mês e eu to adorando. Deixa eu te fazer uma pergunta: para as pessoas que estão ouvindo essa entrevista quais lugares você recomendaria aqui em Salvador para eles visitarem dá algumas dicas para gente, por favor.

– número um se você só tem 24 horas em Salvador né Eu acho que isso ajuda bastante a pessoa né se você só tem um ou dois dias na cidade 100% recomendo visitar o centro histórico de Salvador essa semana eu fiz um tour com uma estrangeira do Benim que mora realmente e continua no Benim e um nigeriano que mora nos Estados Unidos e eles dois ficaram extremamente impressionados com a qualidade né do nossos monumentos históricos e a ancestralidade que eles encontraram dentro da cidade de Salvador ou seja um africano da Costa ocidental se identificar com a cidade é algo muito forte né algo que a gente tem muito orgulho então eu diria que se você tem 24 horas você vem para Salvador Muita gente vem para Bahia e usa Salvador como um local para ficar um ou dois dias porque as pessoas vão para Chapada Diamantina que é o melhor tracking do Brasil vão para Morro de São Paulo que é a ilha que eu já comentei algumas pessoas gostam de resorts né porque não fica 24 horas comendo e bebendo sem parar aí você tem no litoral norte que tem os Resorts da Praia do forte para quem gosta de surf tem o litoral sul que aí você vai para Itacaré Barra Grande a Bahia tem mil quilômetros de praia então eu diria que o centro histórico de Salvador com certeza as praias de Salvador dentro da cidade de Salvador nós temos 40 km de praia 11 fortes são fortes históricos do período colonial e eu acho que eu também colocaria para Você aproveitar um pouquinho da Gastronomia da cidade Salvador tem uma gastronomia muito forte Caso vocês conheçam algum brasileiro fala assim ouvi um podcast de uma baiana e ela me falou de uma comida na hora o seu amigo vai falar moqueca e acarajé porque são as duas comidas que são comidas como eu diria que representam né a história a cultura de Salvador todo mundo no Brasil 200 milhões de habitantes que nós temos no Brasil todo mundo sabe o que é um acarajé e todo mundo sabe o que é uma moqueca Talvez a pessoa nunca tenha experimentado a comida mas todo mundo sabe o que é por conta dos livros de Jorge Amado que é o nosso maior escritor né traduzido e publicado em mais de 40 países por conta da questão das novelas Caso vocês assistam novelas tem várias novelas que são novelas aqui na Bahia né que são ambientadas aqui na Bahia e eu acho que pela mídia né várias pessoas que são bem famosas no Brasil é.. visitam a Bahia Salvador no verão é o segundo aeroporto mais agendado mais reservado por brasileiros durante a pandemia a mesma coisa foi o segundo aeroporto mais visitado as pessoas querem praia as pessoas querem samba as pessoas querem ouvir música Salvador é Patrimônio da Humanidade e é também cidade criativa na música Temos problemas como todos os lugares mas eu acho que de uma forma geral Salvador é um destino para ser visitado

– concordo. Sayuri, deixa o seu recado final para gente e também deixa as suas mídias quando o pessoal quiser vir para Salvador como eles podem fazer para te encontrar e reservar um passeio com você

– eu vou dar uma dica Se você souber escrever meu nome que é s a y u r i que significa pequeno lírio em Japonês eu sou também né afrodescendente asiática metade da minha família japonesa nós temos a maior colônia de japoneses se você colocar Sayuri guia de turismo no Google eu sou a número um só tem uma sayuri guia de turismo Brasil então é muito fácil me encontrar mas se não você pode me seguir no Facebook é o meu nome Sayuri S a y u r i Koshima que também é meu Instagram Sayurikoshima_Bahiatourguide Tô esperando vocês aqui na Bahia Se você não quiser fazer um tour comigo não tem problema entre em contato comigo a gente pode comer uma acarajé pode ver o pôr do sol né a gente pode fazer várias coisas eu também posso ser encontrada em roteiros virtuais eu faço roteiros virtuais aqui na Bahia então caso você não venha para Bahia mas você quer ver um pouco da Bahia é só me procurar que você vai achar uma maneira de me ver

– legal, Sayuri. Muito obrigado!

é isso Pessoal esse foi o Episódio de hoje Espero que tenham gostado não se

esqueçam de compartilhar esse episódio com alguém que quer estudar português ou com alguém que também seja apaixonado pela cultura brasileira até a próxima. Valeu!

Support my work – Apoie o meu trabalho

https://www.patreon.com/unclebrazil

Leave a Comment

Become a member and have access to all the content in my blog and other benefits

Become a memberAlready a member? Log in.
Back to Top Back to Bottom